30 de março de 2015

Nuvens

Há quatro tipos diferentes de nuvens, cada uma com suas características. São elas:

CIRRUS: são nuvens bem finas formadas por cristais de gelo que ficam em altas altitudes. Indicam ventos fortes em altas altitudes.

CUMULUS: são nuvens que parecem um algodão. Essas nuvens possuem um desenvolvimento vertical maior que o horizontal e, ao passar por uma delas, você vai encontrar um pouco de turbulência. Indicam uma atmosfere instável. Formadas por gotículas de água.

STRATUS: são nuvens que possuem um desenvolvimento horizontal maior que o vertical. Elas são responsáveis pela garoa e você praticamente não encontrará turbulência ao passar por uma delas. Indicam uma atmosfera estável. Formadas por gotículas de água.

CUMULONINBUS: a mais perigosa nuvem que existe na aviação. Possui um grande desenvolvimento vertical, que pode chegar facilmente até os níveis de voo de aeronaves comerciais (passar por cima não é uma opção). Nela há granizo, chuva, turbulência, gelo, relâmpagos e correntes de ar ascendentes e descendentes. Ou seja, as chances de você sair do outro lado ileso são muito pequenas. Você SEMPRE deve evitar essa nuvem. Formadas por água e gelo.


Postar um comentário